A arte do Vidro.

O vidro já era utilizado desde a antiguidade, mas somente com a descoberta da técnica do sopro na Síria e Alexandria que a indústria do vidro floresceu. Sabe-se que egípcios, sírios, fenícios, assírios, babilônios, gregos e romanos, já realizavam trabalhos com o vidro. Não é possível atribuir a descoberta do vidro a um único povo e a uma única época. A arte do vidro floresceu no Egito no século 1500 a.C. Os artistas, a serviço dos faraós, conheciam a fórmula de uma pasta de vidro maleável, com a qual faziam contas de vidro e adornos pessoais. Algumas destas peças foram encontradas em perfeito estado de conservação. Os egípcios, primeiros a utilizar o vidro na fabricação de embalagens (vasilhas abertas como jarros e tigelas), também produziam recipientes para cosméticos, bálsamo e frascos para perfumes. A descoberta da técnica do sopro na Síria e em Alexandria, quando Roma já estendia seu domínio sobre o Oriente Médio, marca um grande momento na história do vidro.













































Nenhum comentário:

Postar um comentário