Cidade dos DOCES... Pelotas.

A Cultura Doceira de Pelotas foi herdada de Portugal através das riquezas trazidas  junto com os imigrantes que vieram em meados do século XIX. Os imigrantes portugueses trouxeram em sua bagagem os maravilhosos: ninhos, fios-de-ovos, babas-de-moça, camafeus, papos-de-anjo, canudinhos recheados, pastéis de Santa Clara e outros mais. Os imigrantes italianos e alemães também tiveram parte nessa cultura, pois trouxeram e criaram suas fórmulas doces. Naquela época, todas as festas eram regadas a doces, já que para os imigrantes, doce e açúcar eram sinônimos de comemoração. Cada família tinha a tradição de passar suas receitas de geração em geração. Chegamos à era da industrialização dos alimentos, que se uniu à confecção artesanal dos doces e fez crescer cada vez mais a produção local. Hoje, podemos dizer que os doces de Pelotas são conhecidos pelo Brasil inteiro.
















































Um comentário:

  1. como faço para revender estes doces aqui em Novo Hamburgo RS

    ResponderExcluir