Cafés da manhã pelo mundo (Parte1)

O café da manhã é tido como a refeição mais importante no dia em diferentes partes do mundo 
Planeta maravilhoso com suas tradições culinárias maravilhosas. Fato é que café da manhã é a refeição preferida de muita gente. E dependendo do ritmo da viagem, é aquela que vai dar sustentação para o dia inteiro de caminhadas, passeios e descobertas. Portanto, é bom caprichar!
Abaixo 50 cafés da manhã típicos pelo mundo pra se ter uma ideia de como as refeições variam em cada país (e suas regiões). Muitos, na verdade, nem parecem o desjejum, e vão exigir coragem e estômagos fortes de alguns. Então vamos lá… só não vale lamber a tela!
 Café da manhã no Alasca -
 carne de rena + ovos na panqueca é o menu típico do café do Alasca. Será que nem no Natal as renas são poupadas? Podre Rodolfo, deve ter pesadelos cada vez que tem que acompanhar Papai Noel ao Alasca!
Café-da-manhã na Argentina –
normalmente consiste na combinação do mate com as tradicionais facturas, muito parecidas com os croissants. Claro que um bom churros de doce de leite não é nunca recusado, a qualquer hora do dia.
 Café da manhã na Austrália
 pode faltar qualquer coisa na refeição australiana, menos uma: Vegemite. Dificil de descrever o que é ou qual seu sabor, mas é “o” produto típico do país. Uma espécie de geleia escura, com com gosto (bem) salgado e meio amargo, é o que se usa para espalhar na torrada que acompanha o café. Da série “ame ou odeie”.
 
Café da manhã nas Bahamas 
o que não pode faltar numa refeição das Bahamas são os grits. Basicamente é milho cozido com fibra de cal que depois vira uma espécie de mingau. Sua popularidade vem dos tempos da escravidão, quando era tudo o que escravos tinham para comer. Hoje em dia pode receber acompanhamentos de iscas de carnes e camarões graúdos para dar uma incrementada.
 Café da manhã em Belize -
 os fry jacks são o carro-chefe da mesa de café da manhã em Belize. São basicamente massas fritas em fogo quentíssimo que vêm acompanhados de feijão e ovos, ou de geleia e mel. Básico e muito gostoso.
Café da manhã na Bolívia -
 saltenhas são tipos de pastéis assados, vendidos em qualquer esquina e bem baratos. É a comida típica do desjejum boliviano. Podem ser de recheios variados, como carnes, legumes, soja, azeitonas e até levemente doces. Tentação vai ser comer um só.
 Café da manhã no Brasil -
basicamente, come-se o quanto pode: queijos, frios, geleias, sucos, frutas e, claro, pães e bolos de todos os tipos. Fora o café bem forte. Ou seja, uma mesa de café-da-manhã bem servida e o seu estômago estará garantido por boa parte do dia.
  Café da manhã no Canadá -
 essa porção que parecem ovos mexidos, são na verdade os pierogis, um tipo de pastel originário da Polônia, feito à base de farinha e ovos, e recheado com ricota, batatas, repolho (chucrute), carne, queijo ou frutas. Juntam-se a eles algumas salsichas e torradas, e está pronto seu prato matinal!
 Café da manhã na Colômbia -
 há uma variedade de pratos regionais pela Colômbia, que vão apetecer a todos os gostos. Na região da Cundinamarca, que inclui a capital Bogotá, a changua é bastante comum. Trata-se de uma sopa feita com leite, cebolinha e queijo.
Café da manhã na Costa Rica -
 Gallo Pinto é o prato típico da Costa Rica (e da Nicarágua também). É composto de arroz e feijão preto, com opcionais de salsa, sour cream e uma tortilla. Os costa-riquenhos também não costumam dispensar acommpanhamentos de abacate ou banana-da-terra.
 Café da manhã em Cuba -
normalmente consiste em em café adoçado com leite e uma pitada de sal dentro! O pão típico cubano é tostado e com manteiga, e cortado em pedaços de tamanho ideal para molhar no café. Delícia.
 
  Café da manhã na Dinamarca - 
 tal qual no Brasil, a variedade de gostosuras no café dinamarquês impressiona: pão de centeio, queijos, salame, presunto, patê, mel, geleia e, de vez em quando, até chocolates. Surpreendentemente (para muitos), bacon não é tão popular por lá não!
 Café da manhã na República Dominicana -
não dá pra não provar o mangú. O prato típico é composto de um purê de bananas-da-terra cozidas com manteiga e acompanhadas de salame, queijo ou ovos. Acompanhe com um chocolate quente e você se sentirá como um morador local!
 Café da manhã no Egito -
 o que não pode faltar por lá são os Fūl Medames (ou apenas “Fūl”). Trata-se de um prato composto por grãos de fava,  grão-de-bico, alho e suco de limão por cima. Nesta foto, o prato é coberto por azeite de oliva, pimenta-caiena, molho tahini, um ovo de gema dura e uns legumes picadinhos.
Café da manhã na Inglaterra -
 o Full English breakfast precisa ter feijão, salsichas, bacon, ovos, cogumelos, hash browns (uns bolinhos de batata fritos) e torradas. Claro que precisa estar devidamente acompanhado de uma xícara de chá (com leite!). Há quem adicione ainda a black pudding (murcilha/morcela). Varia conforme o estômago.
 Café da manhã  na Estônia -
 queijo coalho derretido no pão branco. Simples? Pode ser. Mas que é delicioso com café, é. Para uma opção mais saudável, ricota é a pedida.
 Café da manhã na Alemanha -
 queijos, pães frescos e as infalíveis würste (as salsichas locais) são o desjejum básico dos alemães. Tudo acompanhado de um bom e puro café, claro.
Café da manhã em Gana -
o item mais popular do desjejum neste país africano é o waakye. Pode ser considerado uma variação do brasileiríssimo “arroz com feijão”, só que ambos são cozidos juntos. Qualquer banca de rua em Gana tem a iguaria.
 O café da manhã super saudável do Havaí -
 já era de imaginar que frutas eram o principal no cardápio havaiano. Laranjas, uvas, morangos, maçãs e por aí vai… Na foto aí tem o bagel também, mas esse é só para aqueles que vão gastar algumas horas em cima da prancha de surfe depois…
  Café da manhã no Irã –
 geralmente tem algum tipo de pão (indiano) com manteiga e geleia. Quando um café mais leve não for o suficiente, os iranianos comem também o halim – uma mistura de trigo, canela, manteiga e açúcar, cozida com carne desfiada em panelões enormes, e que come-se quente ou frio. Alternativa? A versão iraniana do omelete.
 Café da manhã na Irlanda -
 depois das iguarias inglesas e escocesas, é hora de notar o diferencial do desjejum irlandês:  o white pudding (bem similar ao black pudding, mas sem o sangue) acompanhado do soda bread (pão de sódio, traduzindo livremente). Quem encara?
Café da manhã na Itália -
 eu uma nação conhecida por sua fartura gastronômica, vale de tudo. Sim, por que não uma pizza cheia de queijo pela manhã? Ou uma massa ao pesto? Ok, o mais comum mesmo de se ver logo cedo  é o cappuccino e cornetto ou, croissant à italiana.
 Café da manhã Jordânia -
as opções variam conforme a região, mas há alguns itens típicos que costumam aparecer nos menus tanto do desjejum quanto almoço e jantar. O Labneh (tipo de coalhada seca, ou “iogurte grego”), homus e falafel são sempre opções populares. Podem ser servidos com azeite de oliva e acompanhados de salsichas, geleia e manteiga e mortadela.
 Café da manhã na Malásia -
 de novo: uma boa tigela de Mee – macarrão misturado com ovos,legumes e temperos suculentos.
Café da manhã no México -
 outro desjejum para os fortes: o prato da foto acima consiste em lascas de carne, chilaquiles, ovos e outras iguarias consumidas em Manzanillo. Nachos, quejo e feijão também compõe o menu das manhãs para so mexicanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário